(Fechar X)
Promoção Produtos Importados Br
 
O Polêmico - Suas ideias nos movem
Login / Cadastro Seta Dupla
Olá, Visitante.
Logar com Facebook
Esqueceu a senha?
Cadastrar
Ícone Enquete O Polêmico quer saber a sua opinião:
Home   

Sociedade


           

Diferença salarial entre homens e mulheres mais que dobra

  Tamanho da Fonte:
Diminui Tamanho Fonte -    Aumenta Tamanho Fonte+
Imprimir Polêmica Imprimir
Comunicar Erro Comunicar Erro
Diferença salarial entre homens e mulheres mais que dobra

Que o mercado de trabalho formal sempre favoreceu os homens acredito que não restam dúvidas. Entretanto, nos últimos anos, esse cenário se itensificou.

O fato é que a diferença de salários no ato de contratação cresceu mais que 200% entre 2003 e 2015. Isso é o que apontam os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

Se em 2003, os salários médios das mulheres contratadas com carteira assinada era de R$824 e o dos homens era de R$882 (6,85% maior), já em março deste ano, essa diferença chegou aos incríveis 14,38%.

Uma explicação plausível para o aumento ainda maior nesse período é que os trabalhadores se qualificaram e a desigualdade entre as remunerações entre homens e mulheres só aumenta à medida que cresce a escolaridade.

Mas esta diferença entre as remunerações não se encontra apenas no Brasil. "Nenhum país resolveu o problema da desigualdade de remuneração entre gêneros, nem mesmo os nórdicos", afirmou Irene Natividad, presidente da Cúpula Global das Mulheres.

Para Irene, a diferença entre os salários "não tem nenhuma relação com as taxas de desemprego ou o status econômico do país".

 

Diferença Salário de Admissão entre homens e mulheres aumenta

 

A cúpula Global das Mulheres acontece anualmente, sendo que a 25ª edição foi em São Paulo, neste mês de Maio. No evento, Natividad mostrou um levantamento sobre o número de mulheres presentes nos conselhos de administração das grandes empresas, que tomam grandes decisões, como indicar os nomes dos diretores-executivos.

No Brasil, existe, em média, 6,3% de mulheres nestes cargos. É um porcentual um pouco mais baixa do que a média de toda América Latina (6,4%). Entretanto, é bem mais distante dos EUA (19,2%) e da Europa (20%). Isso porque empresas norte-americanas e vários países da Europa implantaram políticas de cotas nos cargos de alto escalão para diminuir essa diferença entre os gêneros.

E o grande paradoxo em toda essa questão, segundo Lais Abramo, da Cepal, é que no Brasil, mesmo as mulheres tendo 12,5% de seu total com nível superior contra 9,9% dos homens, as mulheres ainda são as que ganham menos.

Ainda segundo Lais, existe "uma série de mitos e preconceitos, como o de que os homens vestem mais a camisa da empresa e a de que elas se devotam mais à vida doméstica do que à profissional."

Outro fator que cita é a segmentação ocupacional: algumas profissões mais bem remuneradas, como a de engenheiros, ainda são amplamente dominada pelo sexo masculino.

 

 

Irene Natividad, da Cúpula Global das Mulheres, afirma que a diferença de 14,38% mostrada pelo Caged com relação ao salário de admissão de homens e mulheres é um sintoma, já que esta é a base de qual evolui o aumento do salário.

Para a professora do Insper, Regina Madalozzo, essa disparidade de base só tende a crescer conforme aumenta a qualificação.

Logo, quanto mais abaixo o nível de educação dos trabalhadores, menor é a diferença de remuneração entre homens e mulheres. "Ao comparar trabalhadores que têm ensino superior completo, a diferença [de remuneração] sobe para 40%", afirma.

Outro motivo por de trás dessa disparidade, segundo Ana Carolina Querino, gerente do programa da ONU para mulheres no Brasil, é que as mulheres são mais suscetíveis ao movimento do mercado de demissões e/ou recontratações com salários menores.

Outro sintoma da desigualdade no mercado de trabalho podem ser vistas nas salas de reunião dos conselhos administrativos das grandes empresas, sempre ocupadas, em sua maioria, por homens.

Uma conselheira administrativa, Marília Rocca, do Santander Brasil, diz que parte da explicação está na história da entrada no mercado: como as mulheres demoraram mais para entrar na parte da população economicamente ativa, logo demorarão mais para alcançar posições de alto escalão.

Segundo Marília, o número de mulheres em cargos mais altos pode aumentar com influências externas, como muitas multinacionais que trazem para as suas filiais no Brasil tais políticas de inclusão.

Andrea Alvares, de 43 anos, é a diretora geral de salgados da PepsiCo na América do Sul e Caribe, considerado o posto mais alto da empresa no Brasil. A diretora tem somente colegas homens (seis no total) em posições semelhantes ou superiores.

Segundo Andrea, existem regras da matriz para instalar programas de empoderamento de mulheres na operação.

Criador: Equipe O Polêmico

Fonte: http://classificados.folha.uol.com.br/empregos
Assuntos
Leandro Karnal critica alunos da festa
Leandro Karnal critica alunos da festa "SE NADA DER CERTO"
[videos] ’Bruno tem de estar preparado para pressão’
[videos] ’Bruno tem de estar preparado para pressão’
"Suportei 7 Fazendas para pagar as contas", diz Britto Jr.
Mãe e advogada são indiciadas por suposta venda de bebê
Mãe e advogada são indiciadas por suposta venda de bebê
Os comentários não representam a opinião do Site. A responsabilidade é do autor do comentário.



Procurando Roupas Femininas Importadas?
Produtos Importados com os menores preços e entrega para todo Brasil!


Produtos Importados com os menores Preços e Entrega para todo Brasil
Mais Procurados Assuntos mais Pesquisados no Momento
Ícone Parceiros Parceiros do Polêmico
Climatologia Geográfica | Descubra mais da ciência, paisagens incríveis e muito mais.      Ciências e Tecnologias | Artigos e Noticias de Ciências e Tecnologia      Jornal Eletrônico - Gente de Opinião

Portal SOS Notícias do RN      SAJ Notícias      Fotografe Livre  - Tudo sobre fotografia, até dicas!      cearensizando

W3 Directory - the World Wide Web Directory      AhTrollei - Cuidado você pode estar sendo trollado!: Parceria      Infotec Blog - Tecnologia em primeira mão!          

RGN no Ar | Rio Grande do Norte                S1 Notícias      Debates Culturais - Liberdade de Idéias e Opinioes!

Você já pensou em deixar uma carta ou mensagem após a morte? Conheça nosso testamento online.
Polêmico       Polêmicas       Notícias       Debates       Discussões Noticias

aids       desigualdade social       meninos e meninas       pena de morte       jesus comunista      
 
© opolemico.com.br, Todos Direitos Reservados  -  Melhor visualizado na resolução: 1024 x 768 px.  -  Política de Privacidade
Contato Contato