(Fechar X)
Promoção Produtos Importados Br
 
O Polêmico - Suas ideias nos movem
Login / Cadastro Seta Dupla
Olá, Visitante.
Logar com Facebook
Esqueceu a senha?
Cadastrar
Ícone Enquete O Polêmico quer saber a sua opinião:
Home   

Sociedade


           

Estudo compara homens que pagam por sexo e estupradores.

  Tamanho da Fonte:
Diminui Tamanho Fonte -    Aumenta Tamanho Fonte+
Imprimir Polêmica Imprimir
Comunicar Erro Comunicar Erro
Estudo compara homens que pagam por sexo e estupradores.

Uma pesquisa norte-americana, publicado no Journal of Interpersonal Violance, concluiu que os homens que contratam serviços de garotas de programa têm mais tendências a cometer agressões sexuais do que os que não têm esse hábito.

No estudo, pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, analisaram 202 homens da região de Boston, sendo que 50% deles tinha o costume de pagar por serviços sexuais. Estes 202 homens foram selecionados de um total de 1.200 para que fossem de nível socioeconômico e faixa etária semelhantes.

O fato é que os consumidores de serviços sexuais admitiram com mais facilidade que cometeram estupro ou outras formas de agressão sexual contra mulheres.

Para os autores da pesquisa, esses homens possuem semelhanças com indivíduos condenados por violência sexual, como por exemplo, a preferência por relações sexuais sem afeto ou intimidade, além disso, eles possuem medo da rejeição feminina e se autoidentificam como hostis, tendo uma personalidade narcisista e um enorme desejo de ter poder sobre as mulheres.

Quem paga por sexo tem menos empatia pelas garotas de programa e veem essas mulheres totalmente diferente das outras, segundo o estudo. Vários deles as compararam com “commodities” ou a “um copo de café que você joga no lixo depois de usar”, mesmo sabendo dos motivos que levam muitas delas à prostiuição.

Outros estudos e pesquisam já associaram essa falta de empatia com casos de violência contra as mulheres. Os pesquisadores também acrescentam que atualmente muitos especialistas veem a prostituição como uma forma de violência sexual. Eles esperam que os resultados dessa pesquisa ajudem a mostrar que os consumidores de prostiuição não são “caras legais, apenas sexualmente frustrados”.

Criador: Equipe O Polêmico

Fonte: http://www.medicaldaily.com/prostitution-and-sexual-abuse-men-who-pay-sex-may-be-more-likely-commit-rape-350700
Assuntos
Leandro Karnal critica alunos da festa
Leandro Karnal critica alunos da festa "SE NADA DER CERTO"
[videos] ’Bruno tem de estar preparado para pressão’
[videos] ’Bruno tem de estar preparado para pressão’
"Suportei 7 Fazendas para pagar as contas", diz Britto Jr.
Mãe e advogada são indiciadas por suposta venda de bebê
Mãe e advogada são indiciadas por suposta venda de bebê
Os comentários não representam a opinião do Site. A responsabilidade é do autor do comentário.



Procurando Roupas Femininas Importadas?
Produtos Importados com os menores preços e entrega para todo Brasil!


Produtos Importados com os menores Preços e Entrega para todo Brasil
Mais Procurados Assuntos mais Pesquisados no Momento
Ícone Parceiros Parceiros do Polêmico
Climatologia Geográfica | Descubra mais da ciência, paisagens incríveis e muito mais.      Ciências e Tecnologias | Artigos e Noticias de Ciências e Tecnologia      Jornal Eletrônico - Gente de Opinião

Portal SOS Notícias do RN      SAJ Notícias      Fotografe Livre  - Tudo sobre fotografia, até dicas!      cearensizando

W3 Directory - the World Wide Web Directory      AhTrollei - Cuidado você pode estar sendo trollado!: Parceria      Infotec Blog - Tecnologia em primeira mão!          

RGN no Ar | Rio Grande do Norte                S1 Notícias      Debates Culturais - Liberdade de Idéias e Opinioes!

Você já pensou em deixar uma carta ou mensagem após a morte? Conheça nosso testamento online.
Polêmico       Polêmicas       Notícias       Debates       Discussões Noticias

aids       desigualdade social       meninos e meninas       pena de morte       jesus comunista      
 
© opolemico.com.br, Todos Direitos Reservados  -  Melhor visualizado na resolução: 1024 x 768 px.  -  Política de Privacidade
Contato Contato